quinta-feira, maio 10, 2012

Silêncio em casa ( na alma)

No silêncio da casa, silencio minha alma.
Surdos pensamentos,
Mudas palavras.
Silêncio, silêncio.
Silencio.
Calma.

Sonha a leveza e a dor passa.
Invisíveis traços,
Fortes laços.
Calma, calma.
Acalmo a alma.
Silencio a casa.

Tamires

4 comentários:

  1. gostei muito do seu espaço...da sua poesia,calma que encanta a alma...


    meu carinho...



    Zil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De vez em quando precisamos de calma... rs
      bj

      Excluir
  2. Oi TAMIRES tudo bem?
    Passei aqui para ver seu lindo trabalho e deixar um forte abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! vc é sempre bem vindo na minha humilde residência virtual. rsrsr

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...